Autorresponsabilidade – assumindo as rédeas da sua vida.

Uma palavra que vem sendo bastante ouvida e usada nos últimos tempos…
Temos o costume de colocar nas mãos do outro a responsabilidade das nossas alegrias e dos nossos sofrimentos. Você já parou para pensar nisso?
Desde cedo, por medo das consequências, criamos o péssimo hábito de transferir a culpa para os outros ou para fatores externos como justificativa de nossas falhas. É tão comum que fazemos isso no modo automático. Porém, ao deixar de assumir nossos erros, perdemos não só a oportunidade de corrigi-los, como também o controle sobre várias situações de nossas vidas.
Veremos um exemplo que muitos de nós nos identificaremos: Final de um relacionamento amoroso. É bem habitual que as partes envolvidas culpem o outro pelo rompimento, apontando falhas cometidas. Além de culpar, muitas vezes, entram em um processo sofrido, achando que nunca mais serão felizes, que aquela determinada pessoa era o seu mundo e sua felicidade e que, consequentemente, ela é a culpada por todo sofrimento vivido naquele momento.
Pensando desta forma, a pessoa acaba esquecendo que existe sua contribuição para aquele momento está acontecendo, que a responsabilidade do final do relacionamento não é apenas do outro e sim de todas as partes envolvidas, o processo nunca é unilateral. Além disso, colocar a responsabilidade da felicidade e do sofrimento na mão da outra pessoa, acaba sendo um ato de autossabotagem. Como colar na mão do outro uma responsabilidade que é nossa e unicamente nossa?
Felizmente temos o poder de sermos felizes independente do outro e de situações externas. A verdadeira felicidade está dentro de cada um de nós.
Trabalhar a autorresponsabilidade desenvolve autonomia e autoestima. Tomar as rédeas de tudo que acontece em nossas vidas, seja o final de um relacionamento, um projeto fracassado, uma briga com um amigo, possibilita ver as coisas de um outro ponto de vista, de uma outra perspectiva. Autorresponsabilidade é entender que o resultado conquistado em qualquer situação são frutos, também, de seu comportamento e isso te motiva a mudar para alcançar resultados mais satisfatórios. Colocar a responsabilidade de toda situação na mão do outro é dizer para si mesmo que não temos força nem energia para mudar. E sabemos que isso não é verdade. O poder da mudança estar em nossas mãos. Pessoas que desenvolvem a autorresponsabilidade conseguem melhorar seus relacionamentos, ter uma vida mais equilibrada e mais produtiva.
Mas, a pergunta que não quer calar: Como desenvolver essa tal de autorresponsabilidade? O primeiro movimento que você precisa fazer é olhar para dentro. Refletir sobre suas próprias ações e como elas impactam a vida dos outro e do ambiente é uma ótima forma. Imergir em nossos pensamentos nos dá uma percepção mais ampla da realidade. E assim podemos discutir soluções para alcançar o que queremos. Isso parte tanto de uma mudança interior, tanto de uma mudança de hábitos.
Quando alcançamos a habilidade de ampliar nossa visão e questionar todas as coisas que nos acontece, sejam boas ou ruins, temos o poder de mudar nossa história. E isso é libertador!

Silencie!

Nos dias de hoje somos expostos a muitos ruídos, é bastante raro encontrarmos um ambiente silencioso. Constantemente estamos ouvindo o som da televisão, rádio, transito,

Leia Mais »
Shopping Basket