Como meditar: 6 passos para aprender a meditar sozinho

Atualmente muitas pessoas vivem uma rotina estressante, seja de trabalho, estudos ou família, são muitas tarefas para pouco tempo.

Essas responsabilidades vão gerando uma carga muito estressante, cansativa e geralmente por falta de tempo, as pessoas acabam sendo negligentes com sua saúde mental e autocuidado.

Não é para menos que a doença do século foi considerada a depressão, por isso é essencial que as pessoas comecem a cuidar mais do seu bem-estar.

Mas apesar destes números ruins, nos últimos anos percebe-se um aumento no número de pessoas interessadas em aprender a arte da meditação, a conscientização a respeito do bem-estar e autoconhecimento vem tomando espaço na vida das pessoas.

Se você está pensando em se aprofundar nesta arte, aqui temos algumas dicas ótimas de como você pode começar a meditar, na Mais Consciente você encontra professores extremamente qualificados para lhe instruir.

Agora, se prefere começar a meditar sozinha, confira agora algumas dicas para iniciantes de como aprender a meditar.

1. Motivação

Como sabemos a meditação traz inúmeros benefícios para a saúde, principalmente para a saúde mental do ser humano.

A partir disso, você deve se questionar, para que eu preciso meditar? Quero melhorar em que?

Parece bobo, mas quando temos um objetivo, nossa motivação se torna maior. A chance de você abandonar a meditação se torna menor quando há um objetivo claro para se alcançar.

2. Ambiente e organização

Quando falamos em meditação, escolher um local apropriado para realizar as sessões é extremamente importante, procure locais calmos, sem muitos barulhos ou fatores que possam te distrair.

Portanto, desligue o celular ou outros aparelhos que possam te distrair, se concentre apenas naquilo que está fazendo.

Algumas pessoas ainda preferem meditar em locais abertos como parques, praia ou um campo com uma paisagem bonita, esse contato com a natureza tende a ajudar bastante no relaxamento.

A organização é outra maneira de estabelecer uma rotina de meditação. Por exemplo, defina qual horário você acha melhor realizar a sessão do dia, não se esqueça de planejar isso com antecedência, deixar para decidir no dia pode acabar te fazendo desistindo de meditar neste dia.

3. Postura confortável

Você não precisa sentar-se na posição de lótus, um local e uma posição confortável já bastam.

Se preferir pode meditar sentado em uma cadeira, sofá, cama, se estiver num parque, à grama já basta. O importante é estar sentado de maneira que você não vá se cansar ou sentir incômodo com o passar dos minutos.

O recomendado é que você esteja com a coluna ereta, cabeça e pescoço alinhados e ombros relaxados, as mãos podem ficar sobre o colo.

4. Controle a respiração

Você já deve ter sentido uma forte dor durante algum exercício e falou: “Nossa estou respirando errado”.

Mas já parou para pensar que na maioria do tempo respiramos errado?

O correto é inspirar profundamente expandindo todo o tórax e abdômen e expirar completamente até esvaziar totalmente os pulmões.

Conte até 5 segundos quando inspirar e expire contando até 5, este é um tempo ideal para inspirar e expirar completamente o ar.

Durante a meditação é necessário ter um bom controle da respiração, mas durante o dia não percebemos que estamos fazendo isso errado, portanto comece a praticar este exercício mais vezes.

5. Concentre-se

Para que a meditação se torne realmente eficiente você precisa ter foco e concentração naquilo que está fazendo.

A utilização de artifícios comuns como musicas relaxantes, o vento batendo no rosto, pássaros cantando, respiração controlada, podem ser bastante úteis para manter o foco na meditação.

Outras pessoas utilizam meios mais avançados, como, por exemplo, frases, palavras e mantras que devem ser repetidos várias vezes durante a sessão para poder ter efeito e poder na mente da pessoa.

Palavras e frases simples como “paz”, “felicidade”, “calma” podem ser utilizadas, tudo depende daquilo que você tem como objetivo conseguir com a meditação (volte na dica numero 1).

Se quiser um mantra mais específico, seguindo os ensinamentos do budismo ou yoga você deve consultar um profissional qualificado que tenha o conhecimento necessário para isso. Consulte um de nossos professores na Mais Consciente.

6. Tempo

O tempo que você deve reservar para praticar a meditação varia.

Para quem está iniciando agora, o recomendado é realizar sessões de 5 minutos e conforme sentir que está preparado ir aumento de 5 em 5 minutos.

Não mude sua rotina repentinamente para encaixar a meditação, separe algum momento do dia como, por exemplo, quando acordar, após o café, depois de alguma refeição, antes de dormir ou outro momento que achar melhor.

Benefícios da meditação para a saúde

Sabemos que a meditação se praticada corretamente e com frequência possui um forte poder sobre nossa mente e corpo, aqui estão os benefícios mais comuns da meditação:

  • Controle dos pensamentos, você aprende a observar com mais clareza seus pensamentos e passa a tomar decisões com mais sabedoria;
  • Melhora no foco e concentração para realizar tarefas diárias ou durante algum momento de estudos e aprendizagem;
  • Diminui a insônia, relaxa o corpo e a mente;
  • Ajuda no tratamento da depressão e outros transtornos mentais;
  • Controla o estresse e ansiedade;
  • Ajuda no tratamento de distúrbios alimentares e obsessivo-compulsivos.

Google e o seu programa de Mindfulness: Search Inside Yourself

Os programas de mindfulness (atenção plena) tem se tornado cada vez mais comum dentro das empresas ao redor do mundo. Gigantes do mercado já apostam nas técnicas para melhorar a produtividade, criatividade e atenção de colaboradores, gestores e lideres. Hoje daremos o exemplo da gigante do mundo da tecnologia a

Leia Mais »

Conheça 5 mitos e verdades sobre meditação !

Sem dúvida alguma nossa geração vive uma vida agitada, de muito trabalho, muitas tarefas, muitas responsabilidades e muitas cobranças. Todos esses fatores vão se acumulando e gerando cargas negativas, um peso e muito estresse sobre nossa mente e corpo. Para aliviar o estresse e ansiedade entra a meditação, essa prática

Leia Mais »

Como começar a praticar mindfulness?

Manter a atenção plena no dia a dia é uma tarefa bastante difícil, porque há uma série de ações que devemos concretizar e que nos deixam, em determinados momentos, preocupados e angustiados. Para fugir dessa situação, uma excelente alternativa é começar a praticar mindfulness (modalidade de meditação)Segundo com uma pesquisa

Leia Mais »

Mindfulness nas escolas

Quando a Academia Taos perdeu três de seus estudantes para o suicídio, dois anos atrás, a professora Anne-Marie Emanuelli começou a procurar maneiras de lidar com sua tristeza esmagadora. “De profunda tristeza e desespero, procurava algo para ajudar a mim e aos meus alunos. Eu estava praticando meditação pessoalmente e

Leia Mais »
Shopping Basket