Como você lida com suas emoções?

Tristeza, alegria, raiva, medo… todas essas e mais algumas de nossas emoções têm um poder enorme, influenciando nosso dia a dia e a forma como nos expressamos e transmitimos nossa mensagem e nossa verdade para o mundo.
Inteligência Emocional nada mais é que a capacidade de administrar as próprias emoções e usá-las a nosso favor, além de entender as emoções das outras pessoas, construindo relações saudáveis e maduras, fazendo escolhas conscientes e adquirindo uma melhor qualidade de vida.
Quem tem Inteligência Emocional sabe pensar, sentir e agir de forma consciente, sem deixar que as emoções controlem sua vida e se acumulem de forma a reproduzir ou criar traumas e doenças psicossomáticas.
Diariamente, passamos por vários desafios, sejam eles no âmbito pessoal e/ou profissional. E em todos os âmbitos somos observados e cobrados para atender uma determinada expectativa e demanda imposta por muitos. Esse cenário é, por si só, bastante estressante e caótico, principalmente para aquelas pessoas que não conseguem dominar as suas emoções, não têm equilíbrio emocional. As emoções estão em toda parte e vivemos, direta ou indiretamente, sob o impacto delas.
Segundo dados divulgados pela Isma-BR, representante brasileira da International Stress Management Association. a cada dez brasileiros do mercado de trabalho, nove apresentam sintomas como ansiedade e depressão. Já a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima que até 2030, a depressão ocupe o primeiro lugar como causa de invalidez no mercado de trabalho. E é exatamente por isso que se faz tão necessário falar sobre Inteligência Emocional e adquiri-la.
Trazer para a consciência que somos movidos muito mais pela emoção que pela razão é o primeiro passo para começar a desenvolver inteligência emocional. Somente dando a devida importância ao nosso interior, nossas emoções, pensamentos e história de vida, conseguiremos conquistar uma sociedade emocionalmente saudável. Sabendo disso, a meditação pode ser uma aliada bem importante nesse processo.
Quando reservamos um tempo para meditar, para nos ouvir, para conectarmos com nosso eu interior, encontramos, com o tempo e a prática, uma facilidade maior de identificar nossas emoções e lidar com cada uma delas. Regular as emoções é um dos muitos fenômenos produzidos pela prática regular da Atenção Plena (Mindfulness). Tomar consciência de nossas emoções e saber que elas influenciam a nossa capacidade de enxergar a realidade, é de suma importância para o nosso bem-estar e qualidade de vida.
Pare. Reserve um tempo para você, para se ouvir. Analise como você tem reagido às diversas situações e desafios que a vida te oferece. Perceba se suas reações estão ao seu favor, se elas têm contribuído para sua paz interior. Se escute, se conheça. Esse é o caminho.

Autocompaixão

Você pratica a autocompaixão?          Vida corrida, acúmulo de tarefas, cobranças… Tantas obrigações diárias nos levam a prejulgamentos e análises rigorosas sobre nós mesmos e

Leia Mais »

Silencie!

Nos dias de hoje somos expostos a muitos ruídos, é bastante raro encontrarmos um ambiente silencioso. Constantemente estamos ouvindo o som da televisão, rádio, transito,

Leia Mais »
Shopping Basket