Para quem não tem tempo

Uma das belezas que a prática da atenção plena nos proporciona é que não necessariamente você precisa de ter tempo suplementar do seu dia para praticar. Apenas precisamos treinar nossa mente para que esteja presente na ação, em vez de estar em alguns lugares, perdida em pensamentos. Isto responde aqueles que afirmam não terem tempo para treinar a mente, pois tem muitas atribuições, compromissos, responsabilidades e muitos problemas para resolver que não tem tempo para absolutamente nada.

Tem uma história bem legal para quem acha que não tem tempo para mindfulness.

Um aluno ou buscador, procurou um professor altamente bem-conceituado para aprender com ele sobre treinar a mente. Ele foi até o local que este professor dava aulas a seus alunos, mas ficou triste quando soube que havia uma grande fila de espera para poder ficar uns dias com este professor para aprender o que ele tinha para ensinar. Depois de muito insistir, ele conseguiu uma oportunidade de passar apenas uma semana neste local para aprender com o professor que ele tanto queria. Ele falou que estava disposto a tudo para ter uma oportunidade de ficar ali e aprender um pouco. No primeiro dia o professor o chamou antes da seção de passou-lhe algumas atividades que ele precisava cumprir antes de começar as práticas de mindfulness no salão principal com os outros alunos. Dia após dia quando este aluno pensava que ia ter sua primeira aula com o professor, o professor lhe passa mais tarefas antes da prática no salão. Até que um dia ele chegou até o professor e falou que ia embora dali. O professor falou: tudo bem. Obrigado por ter passado estes dias conosco. O homem ficou indignado. Como assim? Eu venho até aqui, luto para permanecer aqui, digo que vou embora e você nem quer saber o motivo? O professor com muita paciência falou: ok, por qual motivo você vai embora? E o aluno começou a falar: Aqui eu não tenho tempo para meditar. Como vou aprender a meditar se passo o dia inteiro fazendo coisas. Aqui não há tempo! O professor olhou com um sorriso no rosto e perguntou: quer dizer que não tens tempo para ser consciente? Com tanto barulho em sua cabeça o aluno replicou: é isso mesmo. Estou sempre tão ocupado com as tarefas que não tenho para estar presente. O professor Riu e então respondeu: Estás me dizendo que quando estar varrendo o pátio não tens tempo de tomar consciência da ação de varrer? Que quando estais passando as roupas no ferro, não tens consciência da ação de passar o ferro?

O objetivo de treinar a mente é tornar-nos mais conscientes. O tempo que temos para praticar é o mesmo, seja sentado de olhos fechados ou varrendo o pátio de olhos abertos. Neste momento o homem se calou, percebendo o quanto havia interpretado mal o treinamento da mente.

Como muitas outras pessoas, inclusive eu, pensava que para treinar minha mente eu precisava sentar completamente imóvel para meditar em silêncio. O treino da mente é muito mais flexível que isso. A prática de mindfulness nos mostra como podemos fazer as mais distintas atividades com a mesma qualidade mental. Não importa se temos uma vida sedentária ou muito ativa: temos a mesma oportunidade de praticar o mindfulness enquanto sentados como andando na rua ou num shopping. Todos temos as mesmas 24 horas independente de qualquer coisa. Quer estejamos conscientes das sensações físicas, das nossas emoções, dos pensamentos ou do conteúdo dos pensamentos, tudo é consciência e há sempre tempo para ser consciente.

Shopping Basket