Por que escondemos nossas emoções?

Não estamos habituados a dar ouvidos a nossas emoções, muito menos nos permitimos dar vasão e lidar com elas, mas todo esse movimento tende a atrapalhar o nosso crescimento emocional.

É bem verdade que não temos o poder de controlar tudo que acontece conosco e em nossa volta. Mas podemos controlar nossas reações a cada uma dessas situações.

O modo de vida que estamos levando, nos permite cada vez menos entrar em contato com nossas emoções. Estamos vivendo no modo automático, preocupados muito mais com o externo que o interno. As distrações são inúmeras: celular, redes sociais, televisão, filmes, séries. Olha pra si acaba sendo um exercício bastante desafiador, pois desde sempre, não fomos ensinados a fazer esse movimento.

Cada dia que passa parece ainda mais difícil estar em silêncio, dificultando assim a percepção das emoções e ouvir o que elas podem nos dizer. Muitas vezes, achamos que não vamos dar conta nem vamos conseguir lidar com cada uma delas. E aí, o que normalmente fazemos? Varremos todos os nossos sentimentos para baixo do tapete, “empurramos com a barriga” até onde conseguimos.

Segundo alguns estudos feitos pela psicóloga Camila Cury, a verdade é que temos medo do que vamos encontrar se olharmos muito para dentro, que provavelmente é algo muito difícil de enfrentar e que não daremos conta. Diante disso pensamos: não posso demonstrar o que estou sentindo, não posso ficar triste, preciso sair para me distrair ou fazer alguma coisa. Além disso, muitas pessoas entendem que reconhecer e expressar emoções, é um sinal de vulnerabilidade e demonstrar vulnerabilidade e imperfeições dá um certo medo e desconforto.

Esse movimento de acumular emoções faz com que hajamos com impulsividade além de tomarmos muitas decisões sem refletir o necessário.
As emoções agem principalmente em três planos: pensamentos, comportamentos e relações sociais. Ser inteligente emocionalmente não é controlar os pensamentos ou eliminar certas emoções pessoais e também dos outros, mas sim mudar a nossa relação com as emoções para construir um caminho de vida mais harmonioso, rico e pleno de sentido.

Existem várias formas para utilizar as emoções ao nosso favor:

Identifique suas emoções
Enfrente cada uma delas
Acolha tudo que sente
Cuide bem de si mesmo
Estabeleça uma boa relação com seus pensamentos

É possível usar mindfulness (atenção plena) em todos esses tópicos, em especial se já estivermos praticando essa técnica regularmente. A essência do processo é estar mais consciente do próprio estado mental e emocional durante todas as situações que chegam até nós, discriminando o que estamos sentindo para que possamos, então, reavaliar e regular todas as nossas emoções.

Shopping Basket