Crie o Hábito de Meditar e Transforme sua Vida!

Terceiro Compromisso – Não tire Conclusões

No post de hoje vamos falar sobre o Terceiro Compromisso – Não tire conclusões, do guia prático para a liberdade pessoal de Don Miguel Ruiz, sendo este uma continuidade dos dois primeiros.

Então, se você ainda não conheceu os demais, confira: Primeiro Compromisso e o Segundo Compromisso para conseguir colocar cada um desses em prática.

Mas, agora, vamos continuar essa jornada incrível!

Terceiro Compromisso: Não tire conclusões

não tire conclusões

O Terceiro Compromisso de Don Miguel se refere a um comportamento comum nos seres humanos: o de tirar conclusões sobre tudo.

Em síntese, é quase algo natural, que você faz sem perceber e trazer inúmeros problemas para a vida.

Ao mesmo tempo, fazer isso aumenta o drama, podem gerar sofrimentos e até aumentar o hábito de levar tudo para o pessoal.

Em síntese, trata-se de uma teia que começa a partir da compreensão, ou não, de algo, seguindo um fluxo que envolve crenças, pensamentos, sentimentos, emoções e outros comportamentos.

Funciona assim, suponha que alguém chegue até você e faça o seguinte comentário: “nossa, tem gente mal vestida nesse lugar”.

É provável que aquele comentário não seja direcionado a você, já que ela está direcionando o comentário para a sua pessoa.

Entretanto, se você estiver inseguro de alguma forma, aquele comentário pode atingir e você logo supõe que a fala foi direcionada para a suas vestimentas.

Quando isso acontece, outros comportamentos e sentimentos podem surgir.

Como raiva, tristeza, decepção, raiva, confrontos, brigas e assim por diante.

Ao mesmo tempo, isso pode acontecer diante de qualquer tipo de situação, como quando você vê alguém do outro lado da rua, mas essa pessoa não te cumprimenta.

Pode ser que ela tenha feito isso por vários motivos, como: não viu você, estava preocupada, no telefone, pensando em outra coisa, com pressa, etc.

Mas você tira a conclusão de que ela não o fez porque não gosta da sua pessoa.

Porque isso é tão comum?

Tirar conclusões pode parecer algo inofensivo, mas a realidade não é exatamente essa.

Da mesma maneira, é algo comum porque temos o hábito de pressupor que as demais pessoas pensam e agem exatamente como nós.

Com isso, quando elas fazem algo diferente, consideramos aquilo como ruim, um problema, estranho ou mesmo acreditando que existem algo contra nós.

Porém, em nenhum momento, você considera que ela agiu daquela maneira simplesmente porque é diferente.

Um exemplo comum disso ocorre nos relacionamentos.

Suponha que você esteja em um namoro de mais de cinco anos e acredita que já é hora de casar ou morar com a pessoa amada.

Entretanto, antes mesmo de conversar isso com a outra parte, você realiza uma grande surpresa, com pessoas queridas, para fazer o convite.

O resultado pode ser desastroso já que a pessoa pode:

  • Dizer que não quer o mesmo, ainda que ame e queira continuar o relacionamento;
  • Dizer que sim, mas ir até você quando estiverem a sós e dizer que não, porque acredita que ainda não é o momento.

Independentemente das opções, você pode tirar a conclusão de que o outro não te ama mais, não quer estar com você, está te traindo e assim por diante

Mas, em nenhum momento, você parou para pensar que (talvez) essa pessoa não pensa como você, tenha se assustado ou queira que o caminho seja diferente do seu plano.

Não tire conclusões

Não tire conclusões: pode parecer simples, mas é algo bastante complicado que envolve uma mudança profunda.

Isso porque não se trata apenas de analisar as situações com mais calma, mas parar de pressupor as coisas, parar de levar para o pessoal e aprender a lidar com a culpa e as reações.

Além disso, é um processo de lidar com as próprias emoções e parar de tentar “envenenar” os outros.

Ao tirar conclusões, o Terceiro Compromisso mostra que você está pedindo para ter problemas e brigas.

O resultado, é um grande drama e tristeza.

Sendo assim, a mudança começa quando você admite e aceita que nem tudo precisa ser justificado ou compreendido, que nem tudo é sobre você e que a clareza é essencial para a mudança.

Seja claro com você mesmo e com os demais a sua volta, mas não espere que isso seja reciproco, já que é uma escolha individual.

Dessa forma, coloque os dois primeiros compromissos em ação e afirme diariamente esse compromisso.

Escreva essa ideal em um papel, não tire conclusões, e coloque em locais espalhados da casa.

Como no espelho do banheiro, na tela do celular, na porta do quarto, etc.

Através da repetição dessa ação, um novo comportamento começa a surgir e você consegue perceber as mudanças desse compromisso, transformando-se na sua melhor versão.

Benefícios do Terceiro Compromisso

Enfim, ao começar a aderir ao Terceiro Compromisso: Não tire conclusões, você começa a mudar profundamente a sua vida, alcançando benefícios como:

  • Reduz sofrimentos e tristezas;
  • Evita conflitos e discussões;
  • Eleva o seu domínio pessoal;
  • Reduz a necessidade de se afirmar a partir do outro;
  • Maior amor, gratidão e liberdade;
  • É o caminho para liberdade pessoal;
  • Reduz o drama e mais.

Assim, você conseguirá alcançar resultados crescentes, entende e respeita a si mesmo, torna tudo a sua volta mais leve e eleva a sua percepção do mundo.

Quando você deixa de tirar conclusões, consegue avaliar as situações de forma mais leve, sem ver problemas que não existem e reduz o julgamento.

Afinal, se você para de achar as coisas, consegue avaliar melhor tudo o que acontece, de maneira mais limpa, sem preconceitos e sem embutir suas crenças em cima de terceiros.

Agora me conta, o que achou desse compromisso? Já está colocando em prática ou pensado nos problemas que as conclusões podem gerar?

Comenta aqui o que achou, confira os demais posts e fique de olho na página para ler o Quarto e último compromisso.