Crie o Hábito de Meditar e Transforme sua Vida!

Mindfulness melhora os relacionamentos entre casais – Descubra as causas

Nesse post, você vai conhecer mais sobre alguns dos dados sobre como o Mindfulness melhora os relacionamentos entre casais. Com destaque para nove estudos publicados entre 2000 e 2019.

Além disso, separamos tudo o que você precisa saber sobre como esse processo acontece, quais são as causas dessa melhor e muito mais.

Então, confira agora tudo sobre o assunto e como você pode se beneficiar com a prática na sua vida.

Atenção plena e cenário das relações

Mindfulness melhora os relacionamentos

Antes de mais nada, é importante considerar o cenário atual no qual vivemos, um pouco sobre a cultura e como as relações mudaram ao longo dos anos.

Em síntese, é comum dizer que as relações atuais não são duráveis ou que não tem as mesmas características dos mais antigos.

Mesmo com tudo o que dizem por aí, isso tudo é natural, ocasionado pela mudança de valores, novas perspectivas de vida, interesses e assim por diante.

Ao mesmo tempo, algumas coisas não mudam e os casais querem fazer a relação funcionar da melhor maneira, tranquila e sem conflitos.

Com a pandemia, por exemplo, um novo cenário relacional foi notado por pesquisadores, casais e até pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Acontece que, com o fechamento de empresas e aumento do home office, mais casais começaram a ficar mais tempo em casa.

O resultado disso foi um aumento nos divórcios consensuais, novos conflitos, descobertas sobre o parceiro e a necessidade de trabalhar o diálogo.

Neste cenário, nove estudos mostram que trabalhar como uma equipe ao lado do mindfulness aumenta a satisfação dos casais.

Isso acontece porque a prática traz a atenção plena a tona, eliminado distrações e problemáticas.

Afinal, trabalha diretamente nos problemas mais comuns, tem intervenções focadas e atua na qualidade da relação.

Mas não é só isso, também é essencial considerar que as relações vão além do âmbito íntimo, sendo um convívio diário.

Logo, você precisa aprender a lidar com a frustração, com os maneirismos do outros ou mesmo com atitudes e falas que nem sempre são esperadas.

O outro é um ser único, que possui características próprias, pensamentos, crenças e mais.  E, mesmo quando o casal possui características semelhantes, conflitos podem ocorrer.

Mindfulness melhora os relacionamentos entre os casais

Diante dos estudos principais apresentados até agora, o mindfulness melhora os relacionamentos entre os casais principalmente porque:

  • Maior satisfação na relação;
  • Reflexões mais profundas sobre presente e futuro;
  • Melhor o equilíbrio emocional;
  • Evita discussões e facilita a resolução de conflitos;
  • Reduz as frustrações internas;
  • Reduz o estresse diário;
  • Atua diretamente na atenção a si e ao outro;
  • Aumenta e facilita a conexão entre os parceiros;
  • Reduz o distanciamento físico e emocional;
  • Eleva a escuta ativa;
  • Melhora a comunicação e muito mais.

Além do mais, é importante considerar que o mindfulness melhora a empatia, fazendo com que o casal consiga colocar-se no lugar do outro, entender suas preocupações e medos.

Com isso, é possível lidar melhor com as adversidades e evitar que uma conversa simples, torne-se uma discussão “quente”.

Inclusive, as pesquisas mostram que a prática conjunta, por ambas as partes, faz com que as brigas sejam reduzidas drasticamente, causando uma baixa nos níveis do cortisol durante a rotina.

A redução desse hormônio, ligado ao estresse, permite que os casais tenham mais tranquilidade e calma, fazendo com que a rotina seja mais eficaz e funcional.

Vale destacar que o mindfulness é uma prática meditativa acessível e que atua nos estados da mente, para vivenciar melhor o presente, aceitar as experiências e lidar com as adversidades.

Além disso, é um processo de autoaceitação e de compreensão do outro, olhando para a realidade sem julgamentos.

Como evita a vida em “piloto-automático”, o mindfulness se torna natural melhorando a qualidade de vida diário e é laica, podendo ser praticada por qualquer indivíduo. Com base científica sólida.

Como os casais podem praticar o Mindfulness?

A pesquisa publicada no ScienceDirect mostra que o foco da prática mindfulness melhora os relacionamentos entre os casais porque aumenta o nível de atenção.

Dessa forma, os parceiros devem ter em mente quais são seus objetivos individuais e, principalmente, coletivos, considerando o outro.

Além disso, o mindfulness consegue elevar as habilidades de enfrentamento e controle de estresse.

Portanto, é capaz de evitar e reduzir os conflitos, entender a si e o outro, melhorar a ação entre pensamento e ação e muito mais.

Com isso, melhora a conexão entre os parceiros, melhorando os níveis de confiança, bem-estar e resgatando o contrato entre os parceiros.

Então, o casal consegue ter uma perspectiva ampliada de afetividade e escuta ativa, para que a comunicação funcione melhor e a relação se desenvolva plenamente.

Pensando nisso, você pode conferir diretamente aqui algumas das opções de práticas para transformar a sua vida e a do seu parceiro através de cursos presenciais e online, mentoria e mais.

Para saber mais, basta entrar em contato na página Mais Consciente e começar a ter as respostas que estava procurando.

Outras informações

Além disso, você pode participar do Grupo de Estudo Ser, com ensinamentos profundos sobre meditação, Reiki, Chakras e outros.

Vale destacar que o mindfulness para casais deve ser uma prática atuada em conjunto, com ambos focando no desenvolvimento de si, atenção e da relação.

Assim, é possível garantir resultados mais efetivos em menos tempo, alcançar todos os benefícios destacados e ainda evitar a perda do amor, afetividade, confiança e até mesmo do futuro.

Já que muitos casais acabam esperando que as coisas se resolvam sozinhas, é preciso trazer à tona a necessidade de trabalhar diariamente para viver o hoje e dar sua melhor versão ao seu parceiro.

Se você ainda tiver alguma dúvida ou quiser ficar por dentro, acompanha as redes sociais da página e não espere mais para dar o primeiro passo em direção ao mindfulness.